Modelos de botas: quais são e qual a melhor situação para cada um

Modelos de botas são o que não faltam para aqueles que desejam adquirir um novo calçado. Porém, antes de comprar o sapato, o usuário deve levar em consideração em quais situações deseja usar a peça para, a partir de então, decidir qual a melhor escolha de investimento.

Pensando nisso, separamos dicas importantes que devem ser levadas em consideração na hora de comprar a nova bota. Confira:

Em qual bota investir?

Botas simples de caminhada

Encontradas com maior facilidade no mercado, esses modelos de botas são indicados para caminhadas (longas ou curtas), com altitude que não ultrapassem os 4.000m. Por existirem muitos fabricantes desse modelo, é preciso pesquisar sobre as marcas, experimentá-las e saber de qual material é feito o calçado.

Botas duplas

Esse modelo é utilizado por pessoas que realmente praticam a alta montanha. Possuem propriedades projetadas para situações mais extremas – por isso, seu valor de investimento é maior. Devem ser rígidas, impermeáveis e muito resistentes ao frio. Vale a pena investir em botas duplas quando o aventureiro for fazer uma trilha a partir de 4.500 ou 5.000m acima do nível do mar.

Complemente a leitura com: Bota para trekking: como escolher a melhor opção

Botas Militares / coturnos

Totalmente revestidas em couro, as botas militares, apesar de possuírem apelo popular, não devem ser utilizadas para atividades outdoor. Isso porque possuem um peso acima do indicado e pouca respirabilidade. Além disso, esse formato de calçado é propenso a causar bolhas nos pés quando utilizado em atividades extremas.

Muita atenção no material da bota

Ao saber qual o objetivo da compra, é importante analisar o material da bota e verificar três itens importantes: o peso do calçado, a impermeabilidade e se ele permite a transpiração. Basicamente existem três tipos de revestimentos: couro, sintético, misto. Veja quais as vantagens e desvantagens de cada um:

Couro

É resistente à abrasão, tem boa respirabilidade, e em certas circunstâncias bom rendimento de impermeabilidade. Para climas mais frios, a bota de couro possui melhor performance no aquecimento dos pés. Seu ponto negativo é o peso: uma bota de 100% couro é mais pesada do que um calçado de outro material.

Leia também: Bota impermeável: cuidados para a sua durar mais

Sintético

Os calçados sintéticos são modelos de botas leves e com boa respirabilidade. Porém, sua resistência a abrasão é menor – o que faz com que tenha uma vida útil menor. Por não ser um material impermeável, necessita a utilização de uma película impermeabilizante. Em temperaturas mais frias, rendem menos do que os calçados de couro legítimo.

Misto

É o calçado que une parte do revestimento de couro e parte sintética. Cabe perguntar ao vendedor as funcionalidades da bota em questão, já que é possível encontrar diferentes níveis de mesclas de materiais.

Escolhendo entre os modelos de botas disponíveis

Após definir qual o seu objetivo com a bota e o melhor material para a situação, é hora de investir em um bom calçado e aproveitar das suas funcionalidades.
Que tal explorar alguma(s) dessa(s) 5 cachoeiras no Paraná para testar a nova bota?

blogvento

blogvento